quarta-feira, 3 de julho de 2013

Resenha: Cidade dos Ossos

Postado por Mayara às 12:33
Reações: 

“Cidade dos Ossos” é o primeiro livro da saga “ Os instrumentos mortais”. Seu eu não me engano são seis livros ao todo, enfim.
O livro conta a historia de Clary Fray que junto com seu melhor amigo Simon (que é um típico nerd viciado em vídeo games e que tem muito senso se humor) presencia um crime dentro de uma boate. Na verdade só ela vê o que ta acontecendo… Ta confuso? Vou explicar.
Ao entrar na boate ela vê um garoto e uma garota entrando em uma salinha, até ai nada de novo já que os adolescentes de hoje em dia adoram dar uns beijinhos, mas a coisa começa a ficar estranha quando ela vê dois caras vestidos de preto, cobertos com tatuagens estranhas e carregando o que parecia ser uma faca, o que já não é tão normal assim, seguindo o casalsinho.
Na loucura do momento Clary pede para Simon chamar o segurança, mas o espírito de vingadora baixa nela e ela resolve ir na cara e na coragem impedir que algo realmente sério acontecesse (o ministério das resenhas adverte, caso você presencie um crime e um dos envolvidos tenha uma arma não saia correndo atrás para impedir porque provavelmente não vai dar muito certo, ao menos que seu nome seja Clary e você seja ruiva, ai talvez). Quando Clary chega ela vê os dois caras de preto e a garota armados com facas e chicotes, e o garoto estava amarrado enquanto um dos caras estava o ameaçando. Bom, no final das contas um o cara de preto mata o garoto e o corpo dele simplesmente some como fumaça. Além de esse acontecimento bizarro Clary chega à conclusão de que só ela consegue ver os três jovens tatuados.
Nos dias que se seguem Clary tem um briga com a mãe e sai com Simon para dar uma espairecida, e é ai que…. tan tan tan tan… Ela conhece Jace \ooooo/ um loiro alto, bonito e sensual. E só pra constar ele era o cara que matou o garoto na boate.
Ele explica para ela que o fato de ela poder ver ele talvez possa significar que ela não é uma mundana (alguém que pertence ao mundo humano). Papo vai, papo vem Clary recebe uma ligação desesperada da mãe implorando pra que ela não volte pra casa, e ela sendo uma boa filha faz exatamente o contrario e vai correndo pra casa. Quando ela chega lá a casa esta completamente destruída e ela é atacada por um demônio, e depois de apanhar bastante ela finalmente consegue matar aquela criatura bizarra, e é ai que a historia começa a ficar boa muhahahahahahahaha.
Depois do acontecido ela passa mal e desmaia e quando acorda esta no instituto onde reconhece Jace , Isabelle e Alec que estavam com ele na noite do assassinato.
Jace conta pra ela que ele é um caçador das sombras assim como Izzy e Alec, e a missão deles é caçar demônios (no caso o garoto da boate), vampiros, lobisomens e outras criaturas do submundo.
Depois disso só lendo porque eu não conto mais nada.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Otome Nerd Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos