terça-feira, 20 de agosto de 2013

Escolhida- House of Night

Postado por Mayara às 14:56
Reações: 
0 comentários

Sinopse: Neste terceiro livro da série House of Night os acontecimentos tomam um rumo misterioso e perturbador. Zoey tenta encontrar uma solução para ajudar Steve Rae, que luta para manter sua frágil humanidade, antes que ela se transforme em um monstro. Entretanto, salvar sua melhor amiga significa ir contra Neferet, e para conseguir o que quer, Zoey acaba se aliando a uma inesperada pessoa, tornando-se sua confidente e parceira. Para complicar, o horror atinge a Morada da Noite quando dois assassinatos ocorrem. Zoey se vê num drama pessoal e numa posição realmente delicada. Deve guardar segredos, até mesmo de seus amigos, tomar decisões muito importantes, e agora que acabou se envolvendo com um terceiro cara, deverá lidar com os três, já que não consegue se decidir entre eles.
Resenha: Escolhida é um livro interessante para série, apesar de só começar a se desenvolver nos capítulos finais, finalmente consegui ver que várias coisas acontecem de verdade neste livro. Não sendo o grande clímax da série, creio eu, mas pelo menos encaminhando a um pouco de movimento ao contexto que já estava ficando estagnado.
Zoey sofre por uma reviravolta em todos os sentidos de sua vida. E para minha surpresa, Erik finalmente deu um jeito de se mostrar sem parecer um grande banana. Parabéns para ele, tomando atitudes que muitos mocinhos não fazem. Tem coisas que não tem como se compreender com tranquilidade e achar que está tudo bem. Ele teve uma reação bem normal a tudo que passou e a maneira como descobriu. Ok, vou me controlar para não dar spoiler.
Como eu disse, Zoey deveria confiar mais em seus amigos, neste livro temos um pouco mais de todos os segredos que ela acha que deve guardar de todas as maneiras para si. Mas também temos as consequências que isso traz, o que me empolgou bastante.
É como se finalmente toda a chatice e bobagem que estavam se enrolando nos primeiros livros, e no início deste, finalmente aparecessem e fizessem a vida dela seguir o rumo que ela buscou de forma indesejada.
Eu gosto bastante de como as autoras usam isso da Deusa, gosto da fé incondicional que todo personagem tem nela e como parece que tudo está sendo escrito de acordo com os desejos de Nyx. Ela é como se fosse a grande escritora do trajeto da história, o que é bem bacana.
Basicamente, eu gostei mais do fim deste livro do que de todo o restante da série. Posso dizer que estou curiosa para ler a sequência, que eu espero do fundo do meu coração que não seja uma grande decepção. Quero ver a Zoey sofrendo um pouco, para ver a história tomar o curso que a protagonista está merecendo.
 

Otome Nerd Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos